Daniel Conde Barros tem artigo publicado no Conjur em que analisa decisão do STF sobre cargo de substituto de cartório extrajudicial


Compartilhar icone facebook icone twitter icone whatsapp icone linkedin icone email

Daniel Conde Barros analisou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o cargo de substituto de cartório extrajudicial no Conjur. O artigo produzido pelo advogado foi publicado, na última segunda-feira (21), no portal de notícias eletrônico.

No artigo, Daniel aponta os cenários e possibilidades da contratação profissional para o cargo de substituto, as consequências da decisão do Supremo e a determinação do prazo máximo de seis meses de permanência no cargo.

Daniel Conde Barros atua na área de Direito Administrativo do Escritório desde 2010. O advogado também tem atuado na condição de Coordenador no auxílio da gestão da equipe, e em atividades contenciosa e consultiva.

Para acessar o artigo Substituto de cartório extrajudicial vago não pode permanecer por prazo indefinido , na íntegra, basta clicar aqui.

« Voltar