Elis Maria e Ítalo Veríssimo publicaram artigo sobre diversidade de gênero na redação do Judiciário brasileiro, no Conjur


Compartilhar icone facebook icone twitter icone whatsapp icone linkedin icone email

Em artigo no Conjur, Elis Maria e Ítalo Veríssimo comentaram sobre a novidade na redação do Judiciário brasileiro de passar a utilizar substantivos e pronomes inclusivos. O artigo produzido pela dupla foi publicado, na última sexta-feira (24), no portal de notícias jurídico.

No artigo, Elis e Ítalo defendem a importância da atualização da redação do judiciário, que deverá agora ser obrigatoriamente realizada com a inclusão de palavras no masculino e no feminino, além de reforçar a necessidade de atenção com relação ao tratamento de pessoas transgênero e os seus nomes sociais.

Elis Maria é estagiária da área Administrativa do Escritório e Ítalo Veríssimo é sócio de Martorelli Advogados, atuando na área Administrativa desde 2016.

Para acessar o artigo Enfim, diversidade de gênero na redação do Judiciário brasileiro, na íntegra, basta clicar aqui.

« Voltar